Refletindo sobre a diferença (10 de 19)

Refletindo Sobre a Diferença
Refletindo Sobre a Diferença
 

 

Vamos conversar um pouquinho e refletir também sobre a questão do ser “diferente”, não apenas a diferença do gostar do azul ou do amarelo, de sorvete de baunilha ou de chocolate, mas sobre a diferença física , onde alguns Espíritos reencarnam buscando seu  melhoramento, seu aperfeiçoamento, através de deficiência na visão, na fala, no escutar, no andar?

 

Pois é, quando conhecemos pessoas a primeira coisa que geralmente nos chama a atenção é a aparência delas e só depois de um tempinho, quando damos chance de conhecer de verdade a pessoa , o que ela pensa , sente e de que forma ela age é que podemos dizer realmente como ela é.

 

            Quando encontramos um Espírito que tenha uma deficiência física visível muitas vezes o tratamos de forma negativa, muitas vezes nem sentimos que estamos fazendo isso, mas piadinhas e brincadeiras tipo : "- Você não repara não, mas se eu fosse cego(ou surdo ou mudo ou paraplégico, etc) que nem você eu me matava..." e outras parecidas demonstram  que os consideramos inferiores a nós ; quando sabemos que na realidade são espíritos como nós, que encarnaram com o objetivo de se melhorarem e se aperfeiçoarem, só que escolheram uma prova diferente da nossa para isso.

 

            Assim, nós vamos nos informar mais sobre essas diferenças, porque somente através do conhecimento nós poderemos mudar nossas atitudes e nossos sentimentos, buscando respeitar e enxergar quem é portador de uma deficiência física como alguém que sente e vive, ama, ri, chora, tem dificuldades, tem sentimentos, tem ações e reações nada diferente de nós mesmos e que como nós merece ser respeitado , amado e tratado da mesma forma que gostaríamos de sermos tratados.

 

            Como será não poder ver com os olhos físicos? Ou não falar com o aparelho fonador físico? Ou não escutar com os aparelhos auditivos físicos? Será que o Espírito por causa disso não vê, não ouve, não fala, não sente? 

 

            É sobre isso que nós vamos conversar em vários outros textos, tá legal?

 

            Estamos tendo a ajuda do MAQ (Marco Antônio de Queiroz) , que é um cara muito legal e que tem um site – A Bengala Legal (www.bengalalegal.com.br) -  com texto para adultos sobre essas questões ; nós escrevemos os nossos textos a partir dos textos dele e ele tem contribuído verificando se nós não estamos passando informações equivocadas sobre o assunto. Legal podermos contar com amigos, não é mesmo?

ó

Home -  Jesus -  Allan Kardec -  Era uma vez -  Músicas -  Gifs -  Espiritismo -  Você Sabia? -  Livro do Mês -  Biscoitinhos Espirituais -  Torpedinhos -  Bate-papo online -  Não sei, responde pra mim? -  Links Legais -  Jogos -  Protetor de tela -  Quem somos?