Pluralidade dos Mundos (13 de 29)

PLURALIDADE DOS MUNDOS
PLURALIDADE DOS MUNDOS
(nível B)


   Jesus disse: “Há muitas moradas na casa do meu Pai”.
 
    Kardec, em O Evangelho Segundo o Espiritismo, nos fala, esclarecendo, que “A casa do Pai é o Universo; as diferentes moradas são os mundos que circulam no espaço infinito, e oferecem, aos Espíritos encarnados, moradas apropriadas ao seu adiantamento.”
 
    A Terra, então, é o lugar onde renascemos para evoluir e desenvolver nossas qualidades, nos compreender melhor e compreender, também, o mundo e as pessoas que nos cercam. É onde reajustamos os erros que tivemos no passado.
 
    Só que, à medida que evoluímos, obtemos a oportunidade de habitarmos outros mundos, tudo em conformidade com o grau de evolução que conseguimos alcançar.
 
    Para facilitar nossa compreensão, kardec fez uma colocação didática sobre esses outros mundos, que é assim:
 
    a)      Mundos Inferiores  - Estes são sub-divididos em dois: um, que chamamos mundos primitivos e é onde há as primeiras encarnações da alma humana; outro, que chamamos mundos de expiação e provas, que é onde se verifica que o mal ainda domina.
    b)      Mundos Intermediários – Estes são chamados mundos de regeneração, que são aqueles nos quais as almas que ainda têm o que expiar, ganham novas forças e podem repousar das fadigas da luta para continuar a sua evolução.
    c)      Mundos Superiores – Estes são sub-divididos também em dois: um, chamado mundos felizes e é onde o bem já domina e supera o mal; outro, que chamamos mundos Celestes ou Divinos, onde é a morada dos Espíritos depurados, onde só o bem reina absoluto.

    Assim, o Espírito vai, de aprendizado em aprendizado, evolução em evolução, progredindo sempre e passando a viver de acordo com o mundo em que os elementos de progresso são proporcionais ao seu adiantamento.
 
    A Terra ainda pertence aos mundos de expiação e provas, mas estamos nos preparando para alcançar e nos tornarmos um mundo de regeneração, ou seja, um mundo melhor, mais humano, onde o amor sincero e fraternal crescerá nos corações das criaturas, onde o Evangelho de Jesus será o código de conduta de todos.

em diföŸ

Home -  Jesus -  Allan Kardec -  Era uma vez -  Músicas -  Gifs -  Espiritismo -  Você Sabia? -  Livro do Mês -  Biscoitinhos Espirituais -  Torpedinhos -  Bate-papo online -  Não sei, responde pra mim? -  Links Legais -  Jogos -  Protetor de tela -  Quem somos?