Espiritismo Educação Recursos Ajuda Serviços
Estudos
Salas de Estudo      O Livro dos Espíritos      O Evangelho      A Gênese
O Livro dos Médiuns      Série André Luiz      Série Philomeno   Educar      Família      
Home > Educação
Tema: Família : Há mudanças? - estudo (Estudo 459 de 835)

       

CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo
www.cvdee.org.br - Sala Virtual de Estudos Educar
Temas destinados à Família e à Educação no Lar


Eis, Lindinhos e Lindinhas do coração, tudo azul azul com e pra vcs? ;-)

Sábado, dia de tema novo... :-)

O LE, no item 695, orienta que o casamento é um progresso para a Humanidade, está assim lá : "Será contrário à Lei da Natureza o casamento, isto é, a união permanente de dois seres? Resp.: É um progresso na marcha da Humanidade"

Joanna de Ângelis nos diz sobre ser a família um "Grupamento de raça, da caracteres e gêneros semelhantes, resultado de agregações afins, a família, genericamente, representa o clã social ou de sintonia por identidade que reúne espécimes dentro da mesma classificação. Juridicamente, porém, a família se deriva da união de dois seres que se elegem para uma vida em comum, através de um contrato, dando origem à genitura da mesma espécie. Pequena república fundamental para o equilíbrio da grande república humana representada pela nação.".

Diz , ainda, que a família é um "grupo de espíritos normalmente necessitados, desajustados, em compromisso inadiável para a reparação, graças à contingência reencarnatória. Assim, famílias espirituais frequentemente se reúnem na Terra em domicílios físicos diferentes, para as realizações nobilitantes com que sempre se viram a braços os construtores do Mundo. Retornam no mesmo grupo consanguíneo o espíritos afins, a cuja oportunidade às vezes preferem renunciar, de modo a concederem aos desafetos e rebeldes do passado o ensejo da necessária evolução, da qual fruirão após as renúncias às demoradas uniões no Mundo Espiritual..."


No entanto, apesar desse esclarecimento e orientação, vemos que algo mudou na família ou em termos de entendimento do que venha a ser família: divórcios, segundos e terceiros casamentos, uniões estáveis, gravidez sem uma união estável; bem como mudança no relacionamento ou relação pais/filhos, pais/filhos/família consanguineo.

Vamos, então, papear um cadinho sobre a questão da família? de uma forma aberta sem perguntas diretas, mas abordando como a entendemos; como a sentimos; como a vivenciamos; de que forma entendermos as modificações que a família vem sofrendo; há realmente modificações? :-)

Aguardando a participação de vcs, tá legal? ;-)
noite felicidade pra vcs
beijocas mineiras com carinho no coração
1998-2018 | CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo