Espiritismo Educação Recursos Ajuda Serviços
Estudos
Salas de Estudo      O Livro dos Espíritos      O Evangelho      A Gênese
O Livro dos Médiuns      Série André Luiz      Série Philomeno   Educar      Família      
Home > Educação
Tema: Família e a Lei dos Homens - conclusão (Estudo 196 de 835)

       

Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo - CVDEE
www.cvdee.org.br
Sala Virtual de Estudos Educar
Estudos destinados à Família e Educação no Lar


Eis, Lindinhos e Lindinhas de nosso coração, tudo azul azul com e pra vcs?:)))

O aprendizado envolve aspectos complexos e compreende , enquanto encarnados, a necessidade de adaptação ao meio social, ao desenvolvimento e formação intelectual e espiritual , o que envolve a educação como um todo, visando à formação de seres(espíritos) melhores e mais conscientes.

Assim, dois aspectos há para considerarmos: um, no qual a educação global independe das leis humanas, posto que a responsabilidade do caminhar com destino à evolução e à vivência concreta da Lei Divina é individual, pessoal e depende de cada um de nós buscá-la e exercitá-la; outro que as leis humanas, mutáveis em conformidade com os aspectos e adequações que nós já conseguimos obter, mas que também têm seu papel educativo, ou seja, na medida em que regula e mantém a ordem social, regula a convivência social, nos ampara e impulsiona a continuar nossa jornada evolutiva.

Destarte, tem-se que as Leis Humanas, sendo diferenciadas a cada país, mas ao mesmo tempo correspondente à evolução e às necessidades de convivência social de cada povo.

Lembrando-se que as leis humanas têm seu aspecto educacional, à medida em que ao indivíduo que não sabe se conduzir de maneira digna, respeitando as leis naturais, as leis morais que nos rege a convivência no mundo material, cabe a aplicação de consequências que visem a sua reeducação individual e social.

Deixando a orientação dos Espíritos:

O Livro dos Espíritos:

"794 - A sociedade poderia ser regida pelas leis naturais sem o recurso das leis humanas?

Poderia, se os homens as compreendessem bem e quisessem praticá-las; então , seriam suficientes. Mas a sociedade tem as suas exigências e precisa das leis particulares.

795 - Qual a causa da instabilidade das leis humanas?

Nos tempos de barbárie são os mais fortes que fazem as leis, e as fazem em seu favor. Há necessidade de modificá-las à medida que os homens vão melhor compreendendo a justiça. As leis humanas são mais estáveis à medida que se aproximam da verdadeira justiça, quer dizer, à medida que são feitas para todos e se identificam com a lei natural.

Comentário: A civilização criou novas necessidades para o homem e essas necessidades são relativas à posição social de cada qual. Foi necessário regular os direitos e deveres dessas posições através de leis humanas. Mas, sob a influência das suas paixões, o homem criou, muitas vezes, direitos e deveres imaginários, condenados pela lei natural e que os povos apagam dos seus códigos à proporção que progridem. A lei natural é imutável e sempre a mesma para todos, a lei humana é variável e progressiva somente ela pode consagrar, na infância da humanidade, o direito do mais forte."

796 - Como o homem poderia ser levado a reformar as suas leis?

Isso acontecerá naturalmente, pela força das circunstâncias e pela influência das pessoas de bem que o conduzem na senda do progresso. Há muitas que já foram reformadas e muitas outras ainda o serão. Espere!


Um dia de felicidade
beijocas mineiras e abraços catarinenses com carinho no coração
Equipe Educar CVDEE
Coordenação: [email protected]


1998-2018 | CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo